Translate

Bem-vindo ao Blog do Livro

Este blog fala sobre a Língua Portuguesa e livros. Espero que goste, não esqueça de me seguir pelo twitter: @BLivro.
Você também pode curtir a página do blog no facebook : Blog do livro (www.facebook.com/pages/Blog-do-Livro/276116405825912)
Não deixe de colocar a sua opinião, comente!

Pesquisar este blog

Total de visualizações de página

sábado, 18 de agosto de 2012

Memórias Póstumas de Brás Cubas

TÍTULO: Memórias Póstumas de Brás Cubas

AUTOR: Machado de Assis

ANO: 1881

PÁGINAS: 182

GÊNERO: Literatura Brasileira

CURIOSIDADES:
  • Desenvolvido em princípio como folhetim, de março a dezembro de 1880, na Revista Brasileira, para, no ano seguinte, ser publicado como livro, pela então Tipografia Nacional.
  • O livro marca um tom cáustico e novo estilo na obra de Machado de Assis, bem como audácia e inovação temática no cenário literário nacional, que o fez receber, à época, resenhas estranhadas, retrata o Rio de Janeiro e sua época em geral com pessimismo, ironia e indiferença — um dos fatores que fizeram com que fosse amplamente considerada a obra que iniciou o Realismo no Brasil.
  • A obra já teve três versões cinematográficas

OPINIÃO:
É um livro clássico e bom para quem gosta de um livro com um “toque” de romance e realismo, é muito solicitado nas escolas, geralmente no Ensino Médio. A obra inaugura o romance psicológico da literatura brasileira e possui um caráter inovador.

A história é narrada por um defunto, que reconta a própria vida, do fim para o começo, num relato marcado pela franqueza e ironia.

A parte do livro que mais me agradou foi o meio da história, pois como a maioria dos livros de Machado de Assis, possui um início meio confuso e durante o final a história vai perdendo um pouco do seu romance e ficando desinteressante.

Nenhum comentário:

Postar um comentário