Translate

Bem-vindo ao Blog do Livro

Este blog fala sobre a Língua Portuguesa e livros. Espero que goste, não esqueça de me seguir pelo twitter: @BLivro.
Você também pode curtir a página do blog no facebook : Blog do livro (www.facebook.com/pages/Blog-do-Livro/276116405825912)
Não deixe de colocar a sua opinião, comente!

Pesquisar este blog

Total de visualizações de página

segunda-feira, 7 de janeiro de 2013

07/01 é o dia do Leitor!

Dia 07/01 é o dia do Leitor! Uma data feita para comemorar aqueles que gostam de ler e tem, no livro, um grande amigo. 


 Desde que o homem inventou uma maneira de registrar, representar seu pensamento, passou a existir também na história outro personagem: o leitor. Claro, se alguém escreve é porque supõe um possível leitor. 

No princípio eram apenas rabiscos rupestres, mas com a definição do código escrito o homem passou a escrever em tabletes de argila, em lajes de pedra, em madeira, em peles de animais, em papiro e por fim em papel. De lá para cá muito já se escreveu, nos mais diversos suportes do texto, afinal de contas já se passaram cerca de 5 mil anos da invenção da escrita.


Ler é viajar. Esta frase é bastante conhecida e não deixa de ser verdade pois foi (e ainda é) através da leitura que o homem passou a conhecer lugares onde nunca esteve, se remeter ao passado histórico ou criado e até mesmo, projetar o futuro.

Mas ler nem sempre é uma tarefa fácil. No Brasil, cerca de 13 milhões de pessoas em idade possível de leitura (acima de 5 anos) ainda são analfabetos. E saber ler significa ler e escrever um bilhete simples.

É importante lembrar que não se nasce leitor , o aprendizado da leitura é um processo infinito de capacitação que é fomentado pelo contato com livros.  A maioria de nós cresceu escutando histórias de princesas, castelos, fadas, super-heróis, vilões e bruxas contados e interpretados por nossos pais, mães, avós e babás.

Pouco a pouco, a prática da leitura nos faz buscar cada vez livros mais complexos, sejam eles literários ou não, o que indica nosso crescimento na capacidade de interpretação e de abstração.

 Através da leitura, o leitor identifica e cria lugares, personagens e histórias. Muitas vezes, se projeta no que está lendo. O poder do livro em nossa história é tanto que diversas vezes, foram proibidos, queimados e censurados, pois iam contra um regime autoritário e totalitário. Assim foi na Inquisição, nas ditaduras militares que assolaram a América do Sul. 

Portanto, apesar da capacidade de informação visual da sociedade em que vivemos, não podemos desprezar a competência do livro em nos fazer viajar.


Nenhum comentário:

Postar um comentário